Futebol Nacional

Libolo e Petro "aquecem" 24ª jornada

dd

O jogo entre o Recreativo do Libolo e Petro de Luanda constitui o destaque da 24ª jornada do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (GirabolaZap 2018), que faz disputar todas as partidas esta quarta-feira, excepto o desafio que vai envolver o bicampeão 1º de Agosto.

Agendado para as 15 horas na Vila de Calulo, a formação do Cuanza Sul (oitavo com 26 pontos) procurará impor-se ante os tricolores (1º/40), que em caso de vitória podem isolar-se na liderança da tabela, visto que o seu rival directo, 1º de Agosto (2º/40), joga apenas no próximo dia oito de Agosto, frente ao Recreativo da Caála, devido o seu envolvimento nas Afrotaças.

Em função disso, aguarda-se por uma partida renhida, depois do empate nulo imposto pela turma de Calulo na primeira volta. Agora na veste de anfitriã vai lutar para encurtar a desvantagem nos duelos entre si em Calulo, onde só venceu em uma ocasião (ano passado por 1-0), contra seis vitórias petrolíferas. Registaram-se igualmente três empates.

O outro jogo de realce é entre o Kabuscorp do Palanca e Interclube, às 17h30, no estádio dos Coqueiros.

Neste confronto, a turma do Palanca tudo fará para redimir-se da derrota (0-2) consentida na nona ronda, no estádio 22 de Junho, enquanto os polícias, que ainda continuam na luta pelo título perdido em 2011, vão tentar se aproximar da liderança. O Interclube é terceiro classificado, com 38 pontos.

Programa de jogos desta jornada

 Quarta-feira

Sporting de Cabinda - Desportivo da Huíla, estádio do Tafe, às 15 horas

Recreativo do Libolo-Petro de Luanda, Patrice Luvumba, 15 horas

FC Bravos do Maquis- Cuando Cubango FC, Mundunduleno, 15 horas

1º de Maio de Benguela-Progresso do Sambizanga, Municipal, 16 horas

Académica do Lobito-Sagrada Esperança, Buraco, 16 horas

Kabuscorp do Palanca - Interclube, Coqueiros, 17h30

Dia 8

1º de Agosto- Recreativo da Caála, estádio do 11 de Novembro, 17h30

 O Domant FC folga por imperativo de calendário.

Fonte: Angop/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo