Futebol Nacional

Girabola2017: O duelo do clássico "d'Agosto-Petro"

dd

O clássico entre 1º de Agosto e o Petro de Luanda (Arquivo)

Foto: Gaspar Dos Santos

O clássico entre 1º de Agosto e o Petro de Luanda (Arquivo)

Foto: Gaspar Dos Santos

Separados por dois pontos, 1º de Agosto e o Petro de Luanda defrontam-se hoje às 17h00, no Estádio 11 de Novembro, num jogo que pode ter influência decisiva na atribuição do título do Girabola2017.

Esta será a 74ª vez que se defrontam na prova maior e de resultado imprevisível e aguardado com muita expectativa pelos adeptos e amantes da modalidade.

Este “derby” luandense opõe o segundo ao primeiro classificado, com vantagem para os “petrolíferos ” que somam 53 pontos, mais dois que os “militares” (51).

O desafio entre os maiores emblemas do futebol nacional, numa altura em que procuram manter a liderança e dar passo importante na luta pela conquista da prova, o 1º de Agosto tem responsabilidades acrescidas, dada a condição de detentor do título.

Os oponentes  tiveram resultados diferentes na ronda anterior, pois os “militares” empataram (1-1) diante do Santa Rita do Uíge, enquanto os “tricolores” venceram (3-0) o Recreativo da Caála do Huambo.

Em campo estarão também os dois melhores marcadores da prova, ou seja, Tiago Azulão, do Petro, com 14 golos, e Rambé (11), do 1º de Agosto.

Nos últimos três jogos entre si cada obteve uma vitória e houve um empate. Os “militares” ganharam na primeira volta do Girabola passado, por 1-0, e os “petrolíferos” na segunda, no fecho do campeonato, pelo mesmo resultado. O empate nulo aconteceu na nona ronda da presente competição (Girabola2017).      

Buá, Nelson, Ibukun, Rambé e Bobó, pelos “agostinos”, e Job, Tiago Azulão, Herenilson, Carlinhos e Manguxi, pelos “tricolores”, são alguns dos “artistas” cuja missão é, entre outras, levar os aficcionados a emoções que relembram o passado longínquo em que actuavam figuras  como N’Dunguidi, Alves, Lourenço, N’Suka, Napoleão, Jesus, Lufemba, Abel, Saavedra, Quim Sebastião e Nejó.                                         

Este confronto iniciou-se em 1981 com os militares a ganharem por 2-0, ao passo que o resultado mais desnivelado ocorreu em 1988, no 6-0 favorável aos tricolores.

No histórico, contam-se 22 vitórias para o 1º de Agosto, 31 para o Petro e 20 empates. O Petro possui 15 campeonatos ganhos e o 1º de Agosto 10.

TPA com Angop/ AF

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois