Futebol Nacional

1º de Agosto viaja hoje para a Zâmbia

dd

O campeão angolano viajou a bordo de uma aeronave da Força Aérea Nacional, com uma comitiva composta por 40 pessoas, entre jogadores, treinadores, pessoal de apoio, dirigentes, jornalista e oficial da Federação Angolana de Futebol (FAF), chefiada pelo presidente de direcção, Carlos Hendrick da Silva.

Para a “Operação Ndola”, o técnico Dragan Jovic elegeu 20 jogadores, à semelhança da deslocação a Lubumbashi (Congo Democrático), onde defrontou e perdeu, por 2-1, o TP Mazembe, pontuável para a quarta ronda da prova.
Fazem parte do plantel, os guarda-redes Neblú, Tony Cabaça e Julião, defesas Isaac, Natael, Bobô, Dani Massunguna, Paizo, Jó e Bonifácio, médios Macaia, Mário Balbúrdia, Ibukun, Kila, Nelson da Luz, Mongo, Buá e Ary Papel, avançados Lionel Yombi e Mabululu.
À chegada ao local de jogo, Dragan Jovic concede dia livre aos jogadores, por força do desgaste da viagem entre Luanda e Ndola.
Amanhã, às17h00, a formação militar realiza o habitual treino de adaptação ao relvado do Estádio Levy Mwanawasa, com o bósnio a incidir a preparação da equipa na recuperação física e no trabalho com bola. Dragan Jovic esconde a estratégia de jogo a adoptar no reduto do adversário, a fim de obter à primeira vitória na competição.

Fonte: JA/BA

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo