Futebol Internacional

Neymar podia ter recebido terreno na Rússia se tivesse marcado três golos

dd

Não se tratou de uma promessa eleitoral, mas sim de um golpe de marketing de um autarca russo. Ilsur Metshin é o presidente da autarquia de Kazan, na Rússia, cidade onde se disputou o Brasil-Bélgica que ditou o afastamento dos brasileiros do Campeonato do Mundo de Futebol.

Um dia antes da partida, na quinta-feira, Ilsur Metshin falava aos jornalistas durante a apresentação de um condomínio ecológico na cidade e lançou um desafio em jeito de promessa a Neymar.

“Se Neymar marcar três golos [contra a Bélgica] vamos encontrar um patrocinador e dar-lhe um terreno”, afirmou o autarca, considerando que ter o jogador brasileiro na sua cidade seria um “íman” para atrair investidores.

Ilsur Metshin está a ser acusado, pelos adeptos, de trazer pouca sorte às seleções cujos jogadores o autarca decide homenagear. De acordo com a imprensa internacional, o presidente da câmara de Kazan havia mandado desenhar um grafitti de Cristiano Ronaldo na cidade. Logo depois, Portugal foi eliminado da competição.

Depois, surgiu um grafitti de Lionel Messi e Argentina também se ficou pelo caminho. Por fim, Neymar teve direito também a um retrato seu nas ruas de Kazan. Resultado? O Brasil foi eliminado do Mundial de futebol.

Fonte:Noticias ao Minuto/MP

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo