Futebol Internacional

Liga portuguesa oficializa suspensão das competições

dd

A Liga de Portugal emitiu um comunicado, quinta-feira, no qual confirmou a suspensão das I e II ligas do futebol profissional português, na sequência dos efeitos causados, e como forma de prevenção da propagação, da pandemia de coronavírus.

O organismo liderado por Pedro Proença pede ainda que sejam suspensos os treinos de todas as equipas de futebol.

"Da reunião resultou ainda a recomendação para a suspensão imediata dos treinos e a recomendação para que todos os agentes desportivos do futebol profissional adotem condutas de contenção social, para que, rapidamente, se possa retomar a actividade desportiva normal", sublinha o documento.

A medida foi tomada na tarde desta quinta-feira pelo organismo que tutela os dois primeiros escalões do futebol luso e estará vigente por tempo indeterminado.

A suspensão de todos os jogos da I e II ligas surge na sequência das medidas preventivas aplicadas nos últimos dias, que incluíam, entre outras, a realização dos encontros das referidas provas à porta fechada, sem público nas bancadas.

De salientar que, minutos antes de a suspensão das I e II ligas ser confirmada, o Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) já havia solicitado que a Liga Portugal avançasse com esta medida.

Confira o comunicado na íntegra:

No seguimento da reunião extraordinária realizada esta quinta-feira, entre a Comissão Permanente de Calendários com a Direção Executiva da Liga Portugal, e que contou com a presença da AMEF e dos médicos representantes dos clubes que compõem a referida Comissão, a Liga Portugal deliberou.

Suspensão imediata das competições profissionais de futebol da Liga NOS e da LigaPro por tempo indeterminado.

Realização de reuniões da Comissão Permanente de Calendário, de 3 em 3 dias, para que seja efectuado ponto de situação da evolução da pandemia e das concretas medidas a adotar;

Da reunião resultou ainda a recomendação para a suspensão imediata dos treinos e a recomendação para que todos os agentes desportivos do futebol profissional adotem condutas de contenção social, para que, rapidamente, se possa retomar a actividade desportiva normal.

Esta decisão do Futebol Profissional, em conformidade com a recomendação do Conselho Nacional de Saúde Pública, para que sejam reforçadas as medidas de contenção bem como os meios para a sua implementação, visa ser um exemplo para a Sociedade em geral e para a consciencialização de todos os cidadãos e adeptos.

Fonte: Angop/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo