Futebol Internacional

FC Porto segura liderança à frente de Benfica e Sporting

dd

Sérgio Oliveira, festeja o quarto golo do FC Porto em Chaves

Foto: EPA - Manuel Araújo

Sérgio Oliveira, festeja o quarto golo do FC Porto em Chaves

Foto: EPA - Manuel Araújo

O FC Porto segurou a liderança isolada da I Liga portuguesa de futebol, ao golear no terreno do Desportivo de Chaves (4-0), enquanto o Sporting sofreu para igualar o Benfica, com um triunfo caseiro frente ao Feirense (2-0).

Depois de os encarnados, tetracampeões nacionais, terem vencido no recinto do Portimonense (3-1), no sábado, e assumido provisoriamente a liderança, os rivais responderam com triunfos nos seus jogos da 22ª jornada.

O brasileiro Soares, aos 15 e 28 minutos, o maliano Moussa Marega, aos 57, e Sérgio Oliveira, aos 90+1, marcaram os golos dos "dragões", que passaram a somar 55 pontos, mais dois do que Benfica e Sporting, que só chegou ao triunfo frente ao Feirense nos últimos minutos.

William Carvalho, aos 78, e o colombiano Fredy Montero, aos 90+1, assinaram os tentos da equipa leonina num encontro em que Luís Ferreira reverteu duas decisões com auxílio do videoárbitro, um golo de Doumbia e uma grande penalidade.
Boavista a subir, V. Guimarães e Marítimo a descerem
Com este desaire, e com o triunfo do Boavista na receção ao Vitória de Guimarães, por 1-0, com um golo de Fábio Espinho, o Desportivo de Chaves caiu para o sétimo lugar, por troca com os axadrezados, sextos, ambos com 30 pontos.

Os transmontanos e os portuenses somam mais um ponto do que os vimaranenses, oitavos, enquanto o Feirense, que somou a terceira derrota consecutiva, ocupa o 15º lugar, com 20, com os mesmos 20 pontos do Desportivo das Aves, que iniciou a ronda no 18º e último lugar e deixou provisoriamente a zona de despromoção, ao vencer por 5-2 no terreno do Belenenses.

Também o Marítimo em fase descendente caiu para o nono lugar com 29 pontos.

O segundo triunfo consecutivo do Desportivo das Aves foi construído com os golos do guineense Mama Baldé, aos dois minutos, André Moreira, na própria baliza, aos 13, do líbio Hamdou Elhouni, aos 28, de Paulo Machado, aos 39, na marcação de uma grande penalidade, e do argentino Luis Fariña, aos 90, enquanto Nuno Tomás, aos 44, e o brasileiro Maurides, aos 86, na conversão de um castigo máximo, reduziram para os lisboetas.

Os azuis do Restelo somaram o 12º jogo consecutivo sem vencer e seguem no 13º lugar, com 21 pontos, mais um do que o Desportivo das Aves, que subiu provisoriamente do 18º e último posto para o 15º.


TPA com RTP / EB

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

11°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

14°C

Amanhã

Depois

Hoje

11°C

Amanhã

Depois

Hoje

9°C

Amanhã

Depois

Hoje

11°C

Amanhã

Depois

Hoje

9°C

Amanhã

Depois

Hoje

8°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

9°C

Amanhã

Depois

Hoje

17°C

Amanhã

Depois

Hoje

9°C

Amanhã

Depois

Hoje

12°C

Amanhã

Depois

Hoje

14°C

Amanhã

Depois

Hoje

10°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

12°C

Amanhã

Depois

Hoje

15°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

16°C

Amanhã

Depois