Basquetebol

1º de Agosto confirma 19º título

dd

Um ano depois, o champanhe voltou a jorrar sobre o renovado piso flutuante do Pavilhão Victorino Cunha, pela conquista do 19º título do 1º de Agosto no Campeonato Nacional Sénior Masculino de basquetebol, mercê do triunfo por 101-82, sobre o Petro de Luanda, eterno arqui-rival.

Em vantagem por 3-1, nos “play-offs” da final da 40ª edição da prova, os militares às ordens do angolano Paulo Macedo, ávidos de festejos, por serem habitués em desafios para a decisão de troféus, não quiseram adiar a consagração e, sem contemplação, vergaram o adversário.
Com o triunfo, o 1º de Agosto, clube mais titulado da história dos nacionais da bola ao cesto, prescindiu dos dois jogos restantes dos sete previamente agendados.   
A vitória de Macedo e pupilos pode resumir-se nos 12 minutos do primeiro quarto, em que saíram em vantagem por  29-18.
Compenetrados da sua obrigação, sobretudo por exibirem-se diante dos seus exigentes sócios e fervorosa legião de adeptos, os rubros e negros não quiseram defraudar as expectativas e continuaram a fazer jus à condição de favoritos, indo para o balneário no comando do marcador, por 53-40.
Sem atitude competitiva e longe da exibição demonstrada no terceiro jogo, em que venceu por 100-90, os petrolíferos orientados pelo camaronês Lazare Adingono, não conseguiram se encontrar.
Nos períodos subsequentes, terceiro e quarto, os tricolores equilibraram, mas ainda assim perderam, por 19-22 e 27-23.
O 1º de Agosto, que se viu privado dos préstimos do base Armando Costa, manteve, ainda assim, o foco no objectivo principal, sem nunca "abanar". Eduardo Mingas, Emanuel Quezada e Islando Manuel foram mais competentes e melhores no discernimento, na hora do ataque ao cesto.
Mingas foi eleito o Jogador Mais Valioso (MVP), da final, numa noite em que o extremo do Petro de Luanda, Gerson Gonçalves "Lukeny", conquistou quatro troféus, designadamente de Melhor Atleta do Campeonato Nacional, Melhor Marcador, Assistente e Recuperador.
Childe Dundão, Leonel Paulo e Sekouba Conde, seus colegas de equipa, ergueram os prémios correspondentes a Jogador Fair-Play, Melhor Marcador dos dois pontos e Melhor Ressaltador. Nos três pontos, o troféu foi ganho por Edson Ndoniema, do 1º de Agosto. Valdir Gonçalves, da Marinha, foi o Melhor Marcador na linha dos lances livres. Paulo Macedo foi eleito o Treinador do Ano e Clésio Francisco o Melhor Árbitro.

TPA com JA/LD

PUBLICIDADE
voltar ao topo

o tempo

Hoje

29°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

20°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

22°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

26°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

21°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

25°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

19°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

27°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois

Hoje

23°C

Amanhã

Depois

Hoje

24°C

Amanhã

Depois